Fazemos envio para todo o País. Portes gratis para Portugal Continental em encomendas superiores a 50€! Em encomendas superiores a 29,99€ e inferiores a 50€ portes de 2,83€, em encomendas iguais ou inferiores a 29,99€ portes de 4,31€. Loja física na cidade do Montijo
Detetor De Movimentos Pir P/ Encastrar Branco Orno
Detetor De Movimentos Pir P/ Encastrar Branco Orno
Detetor De Movimentos Pir P/ Encastrar Branco Orno

Detetor De Movimentos Pir P/ Encastrar Branco Orno

1 unidades em stock | SKU: LPM002135

7,81 €  
IVA incluído.

Adicionar à wishlist

Detetor

Detetor de movimento

- Detector de movimentos PIR Branco
- Luminosidade e tempo de luz ajustáveis
- Alcance de detecção: Ø9m
- Ângulo de detecção: 160º
- Potência de carga: 1200W
- Diâmetro do furo: Ø60mm

 

Os sensores de movimento são dispositivos tecnológicos projetados para detectar ou rastrear movimento em um ambiente específico. Eles desempenham um papel fundamental em uma variedade de aplicações, desde segurança residencial e sistemas de iluminação automática até jogos interativos e dispositivos de realidade virtual.

Existem vários tipos de sensores de movimento, cada um operando com uma tecnologia diferente e adequado para diferentes usos. Aqui estão alguns dos tipos mais comuns:

1. **Sensores de movimento infravermelho passivo (PIR):** Estes são os tipos mais comuns de sensores de movimento e são frequentemente usados em sistemas de segurança doméstica. Eles detectam movimento medindo a mudança no calor infravermelho (ou seja, a radiação térmica que os seres humanos e os animais emitem) no ambiente. Quando uma pessoa ou animal se move na área de detecção, o sensor percebe a mudança no calor e aciona um alarme ou outra ação.

2. **Sensores de movimento de microondas (MW):** Esses sensores usam ondas de rádio para detectar movimento. Eles emitem ondas de microondas que saltam para trás quando encontram um objeto. Se o objeto se mover, a frequência das ondas de rádio refletidas muda, o que é detectado pelo sensor.

3. **Sensores de movimento ultrassônico:** Esses sensores funcionam de maneira semelhante aos sensores de microondas, mas usam ondas sonoras de alta frequência em vez de ondas de rádio. Eles são comumente usados em aplicações de automação residencial, como sistemas de iluminação.

4. **Sensores de movimento de câmera ou de imagem:** Esses sensores usam processamento de imagem digital para detectar movimento. Eles são frequentemente usados em jogos interativos, realidade virtual e aplicações de rastreamento de movimento.

Cada tipo de sensor de movimento tem suas próprias vantagens e desvantagens e é melhor adequado para certos tipos de aplicações. Por exemplo, os sensores PIR são baratos e não requerem muita energia, mas podem não ser precisos em ambientes com variações de temperatura. Por outro lado, os sensores de microondas são muito sensíveis e podem detectar movimento através de paredes, mas são mais caros e podem ser acionados por movimentos indesejados, como o movimento de folhas de árvore.

Os sensores de movimento continuam a ser uma parte importante da tecnologia moderna, permitindo a interação mais natural e intuitiva com dispositivos e sistemas, além de fornecer segurança e eficiência energética. À medida que a tecnologia avança, podemos esperar ver novas aplicações e melhorias nos sensores de movimento.

 

Os detectores de movimento têm sido uma inovação tecnológica que tem vindo a revolucionar a forma como interagimos com o nosso ambiente, tornando-o mais conveniente, seguro e eficiente. Esta tecnologia tem vindo a ganhar cada vez mais popularidade em Portugal, e por boas razões: desde aplicações em iluminação a sistemas de segurança, os detectores de movimento têm um papel crucial em diversas áreas do nosso quotidiano.

Num mundo onde a eficiência energética é uma preocupação crescente, os detectores de movimento têm sido amplamente utilizados para otimizar o consumo de energia. Na iluminação, por exemplo, estes dispositivos são aplicados em espaços como corredores, garagens, casas de banho e jardins. Quando alguém entra nesses espaços, o sensor deteta o movimento e automaticamente ativa as luzes, garantindo que não desperdiçamos eletricidade quando não é necessário. Esta funcionalidade não só poupa recursos, mas também reduz a nossa pegada ecológica, tornando-se uma escolha sustentável e amiga do ambiente.

Outro campo em que os detectores de movimento têm demonstrado o seu valor é na segurança das habitações e edifícios. Ao serem incorporados em sistemas de alarme ou vigilância, estes dispositivos são capazes de detetar a presença de intrusos ou atividades suspeitas. Quando tal acontece, um alerta é imediatamente enviado para o proprietário ou para a empresa de segurança, permitindo uma resposta rápida e prevenindo potenciais incidentes. Esta funcionalidade tornou-se especialmente relevante para os portugueses, que valorizam a segurança das suas casas e propriedades.

Além disso, os detectores de movimento também desempenham um papel importante em áreas comerciais e industriais. Em estabelecimentos comerciais, como supermercados, centros comerciais e lojas, a tecnologia é frequentemente usada para otimizar a iluminação e para contabilizar o fluxo de clientes, permitindo que os responsáveis pelos estabelecimentos melhorem a disposição dos produtos e serviços para melhor atender às necessidades dos clientes.

Contudo, a aplicação dos detectores de movimento não se limita apenas a espaços fechados. Em ambientes exteriores, estes dispositivos têm sido usados para iluminar caminhos em parques e jardins públicos, contribuindo para a segurança e bem-estar da comunidade, especialmente durante as horas noturnas.

Apesar de todas as vantagens, é importante ter em mente que, como em qualquer tecnologia, é necessário um uso responsável dos detectores de movimento. Algumas preocupações surgem no que diz respeito à privacidade e ao potencial uso indevido da tecnologia para fins nefastos. Assim, é essencial garantir que os sistemas sejam instalados e configurados corretamente, respeitando as leis e normas aplicáveis, e que os dados coletados sejam protegidos adequadamente.

Em suma, os detectores de movimento têm proporcionado um impacto positivo no dia a dia dos portugueses, facilitando a sua vida e contribuindo para uma sociedade mais sustentável e segura. A sua versatilidade e aplicabilidade em diversos contextos tornam-nos uma tecnologia promissora, cujo potencial continuará a ser explorado para melhorar a qualidade de vida de todos nós.